Vereador quer que Aneel explique autorização para aumento de energia


|||João da Luz, do PHS, questiona Agência Nacional de Energia Elétrica sobre motivos que levaram a autorizar empresa Enel a subir tarifa em Goiás, mesmo sem cumprir requisitos de qualidade

MARCOS VIEIRA

Requerimento do vereador João da Luz (PHS), apresentado nesta segunda-feira (5.nov), pede esclarecimentos da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) do porquê de ter autorizado a Enel a aumentar a tarifa em Goiás.

A Aneel aprovou recentemente a quarta revisão tarifaria periódica da Enel Distribuição Goiás (antiga Celg-D). Para os consumidores atendidos na alta-tensão, o efeito médio será de 26,52%; para a baixa tensão, fica em 15,31%, em média. Para os consumidores residenciais, o reajuste será de 15,17%.

Em seu requerimento, João da Luz pede a Aneel que apresente resposta e parecer que justifique a autorização para o aumento. Também questiona se a Enel cumpriu os requisitos para que pudesse proceder com o aumento. “Porque há limites toleráveis para o cidadão ficar sem energia, são no máximo 10 minutos no mês. Há também limite para a quantidade de interrupções mensalmente”, discursou o vereador na tribuna.

O vereador também lembrou que a Enel precisa investir ao menos R$ 3 bilhões em Goiás, algo que precisa ser feito rápido. “E essa empresa comprou a Celg sabendo dessa necessidade de investimento”, frisou.

João da Luz escreveu na justificativa do seu requerimento, que além de ser o Estado que apresentou a maior variação no preço da conta de energia, Goiás teve de 2017 até o mês de março deste ano, 9,9 mil reclamações registradas na Aneel, por conta de falhas nos serviços oferecidos.

#política #aneel #câmaramunicipal #anápolis #joãodaluz #vereador #cobrança #energiaelétrica #enel