Câmara retoma sessões: ânimos devem ficar mais acirrados em ano pré-eleitoral


||| O terceiro ano de um vereador é fundamental para que ele possa consolidar a sua marca e, com isso, chegar à disputa eleitoral com força para uma tentativa de reeleição

MARCOS VIEIRA

Nesta segunda-feira (4.fev), a Câmara Municipal de Anápolis dá início às sessões ordinárias de 2019 com algumas expectativas.

A primeira delas está relacionada à contagem regressiva que normalmente começa a partir da segunda metade dos mandatos, com a proximidade de uma nova eleição.

O terceiro ano de um vereador é fundamental para que ele possa consolidar a sua marca e, com isso, chegar à disputa eleitoral com força para uma tentativa de reeleição.

Portanto, os ânimos ficam mais acirrados, os discursos mais incisivos e qualquer crítica entre colegas ganha dimensão maior.

Uma mudança significativa nesse início de ano legislativo na Câmara é o fim do embate Jakson Charles (PSB) x Antônio Gomide (PT).

Principal nome da oposição em 2017 e 2018, o petista Gomide deu adeus ao Legislativo local e assumiu mandato de deputado estadual em 1º de fevereiro.

Já o líder do prefeito no último biênio, Jakson Charles foi para a toda poderosa Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Habitação e Planejamento Urbano.

Herdou a vaga de Gomide o suplente Alfredo Landim. No lugar de Jakson, ocupa a cadeira Paulo de Lima, do PDT.

Amilton Filho (SD) também foi eleito deputado estadual. Entra no seu lugar o petebista João Feitosa.

O PT seguirá na oposição ao prefeito Roberto Naves (PTB), obviamente, e os discursos mais contundentes devem ser feitos pela vereadora Professora Geli.

Por sua vez, o novo líder do Executivo, Wederson Lopes (PSC) terá o papel de defender as pautas de Naves. Ele tem experiência na função: foi líder dos ex-prefeitos Gomide e João Gomes.

As sessões ordinárias de 2019 terão também uma nova Mesa Diretora no comando da Câmara. Leandro Ribeiro (PTB) preside a Casa, tendo ao seu lado o vice Luiz Lacerda (PT) e a primeira secretária Elinner Rosa (MDB). Completam o grupo os secretários Mauro Severiano (PSDB), Teles Júnior (PMN) e João da Luz (PHS).

Leandro Ribeiro tem dito que quer atuar para que a obra da nova sede da Câmara seja retomada pela Prefeitura de Anápolis. Os trabalhos estão parados desde 2016 e diversas auditorias foram feitas para levantar erros e o que deve ser feito para que a estrutura deixe de ser o elefante branco mais evidente da cidade.

#câmaramunicipal #anápolis #vereadores #sessões

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo