Edson Tavares descarta possibilidade do ex-vereador Eli Rosa se filiar ao PSL


||| Presidente do partido do presidente Jair Bolsonaro na cidade alega que o ex-vereador teve ligações com o PT e afirma que ele não foi convidado pelo deputado federal Major Vitor Hugo para ingressar na agremiação

MARCOS VIEIRA

O presidente do PSL de Anápolis, Edson Tavares, abriu uma ofensiva nessa quinta-feira (28.fev) contra o ex-vereador Eli Rosa, afirmando que ele não foi convidado para se filiar ao partido.

“Eli Rosa não está dizendo a verdade, ele não falou 100% da verdade”, disse Edson à Rádio Manchester AM, ao comentar fala do ex-vereador de que teria recebido convite para ingressar na sigla.

Eli Rosa se incluiu em um grupo que teria recebido do deputado federal goiano Major Vitor Hugo o convite para entrar no PSL. O parlamentar é líder do governo Jair Bolsonaro na Câmara.

Também teriam sido convidados o presidente da Associação Educativa Evangélica, Ernei de Pina, o reitor da Unievangélica, Carlos Hassel Mendes, e o engenheiro civil Arnaldo de Pina, proprietário da Engecom.

Edson Tavares elogiou o trio, disse que eles são bem-vindos no PSL, basta procurar a direção local, mas descartou a possibilidade do ingresso de Eli Rosa. Na conversa com Major Vitor Hugo, inclusive, foi comentado o fato de o ex-vereador ter sido ligado ao PT.

“Levantaram aí que ele esteve ligado ao PT, uma ligação muito forte, depois foi até vice. A chance de o Eli Rosa vir para o PSL é zero. Agora os outros demais não têm problema algum e é só procurar o partido que a gente faz a filiação. Vão somar muito”, afirmou Edson.

Eli Rosa foi filiado ao MDB e candidato a vice-prefeito em 2016, na chapa encabeçada pelo então prefeito João Gomes, do PT na época, que tentava a reeleição. Em 2018, já filiado ao Podemos, ele tentou uma vaga de deputado estadual e obteve 7.953 votos.

O presidente do PSL anapolino disse ainda que o deputado Major Vitor Hugo alegou que não conhece Eli Rosa.

Edson reivindica para si a primazia de tratar das filiações do PSL em Anápolis. Segundo ele, o seu comando na sigla foi renovado até 2020. “Não aceitamos que ignorem o partido, até pelo trabalho que estamos fazendo”, frisou.

#anápolis #edsontavares #eleições2020 #elirosa #disputa #psl #política

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo