Um ano sem Vilma Rodrigues: Câmara Municipal celebra memória da vereadora


||| Neste dia 14 de março completa-se um ano da morte da vereadora Vilma Rodrigues. Para celebrar sua memória, a Câmara Municipal de Anápolis inaugurou uma galeria no plenário Teotônio Vilela com as leis de sua autoria

FERNANDA MORAIS

Nesta quinta-feira (14.mar) completa-se um ano da morte da vereadora Vilma Rodrigues. Para celebrar sua memória, a Câmara Municipal de Anápolis inaugurou uma galeria no plenário Teotônio Vilela com as leis de sua autoria, apresentadas durantes seus 15 meses de mandato.

A iniciativa da homenagem foi da vereadora Thaís Souza (PSL), que se aproximou de Vilma desde o fim da eleição de 2016, quando ambas saíram vitoriosas das urnas e foram destaques daquele pleito.

Vilma Rodrigues morreu aos 57 anos no dia 14 de março de 2018 após um mês e meio de internação no Hospital Araújo Jorge, em Goiânia. A vereadora tinha sido diagnosticada com um craniofaringioma, um tumor benigno localizado na base do cérebro, em uma região muito delicada.

Vilma foi eleita pelo PSC com 3.557 votos em sua primeira eleição disputada, em outubro de 2016. Ela entrou para história política da cidade como a mulher mais bem votada entre todas as eleições municipais já realizadas.

No ranking geral, Vilma Rodrigues é a segunda vereadora que conseguiu mais votos em uma eleição, ficando atrás apenas do recordista, Antônio Roberto Gomide (PT), que em 2016 somou 11.647 votos. Hoje Gomide é deputado estadual.

Vilma era conhecida pela sua irreverência, bom humor e espírito de caridade. Tinha como marca registrada a sua risada e sua dedicação para ajudar os mais pobres, principalmente idosos.

Além de vereadora, Vilma era cozinheira de mão cheia, escreveu livros sobre culinária e, como radialista, participava do Jornal da Tarde da Rádio Manchester AM ao lado de Eurípedes Cândido, que também morreu no ano passado.

A vereadora deixou dois filhos e um neto. O seu legado de caridade foi passado para o filho Manoel Vanderic Filho que, além de ser reconhecido pela sua atuação como delegado de Polícia Civil, também pauta sua vida se dedicando em ajudar os mais pobres, com foco no trabalho social voltado para idosos e doentes carentes.

Discursos “É o mínimo que podemos fazer para documentar a memória da nossa saudosa Vilma Rodrigues. Aprendemos muito com ela, principalmente sobre amor ao próximo e importância de levar a vida com espírito solidário", disse o presidente da Câmara Municipal de Anápolis, Leandro Ribeiro (PTB).

“Ela se dedicou em aprovar matérias que beneficiem o tratamento de pacientes com câncer na cidade e também de acolhimento a idosos. A dona Vilma é um exemplo a ser seguido por todos nós. Tenho certeza que ela jamais será esquecida”, comentou Thaís Souza.

A maioria dos vereadores, familiares de Vilma Rodrigues e o prefeito Roberto Naves (PTB) participaram da inauguração. “Dona Vilma era inabalável, com ela também aprendi a importância de manter a paixão pelo social, pelo terceiro setor. Eu, assim como a primeira-dama Vivian, devemos muito pela dedicação da vereadora pela social. Ela era incansável na busca de melhorias para essas pessoas”, destacou o mandatário.

Vilma Rodrigues e o filho, delegado Manoel Vanderic Filho

#vilmarodrigues #câmaramunicipaldeanápolis #manoelvanderic #homenagem