OS ligada à Unievangélica quer assumir gestão do Hospital de Urgências de Anápolis


||| Fundação Universitária Evangélica, a Funev, vai se credenciar para chamamento público de Organização Social que assumirá gestão do Huana no lugar da Fundação de Assistência Social de Anápolis, a Fasa

MARCOS VIEIRA

Criada em dezembro de 2005, a Fundação Universitária Evangélica (Funev) anunciou que participará do chamamento público que definirá o novo gestor do Hospital de Urgências de Anápolis Dr. Henrique Santillo (Huana).

A atual gestora, Fundação de Assistência Social de Anápolis (Fasa), anunciou que não pretende renovar o contrato com o governo estadual. Ligada às irmãs franciscanas de Allegany, a entidade é responsável pelo Huana desde a sua fundação, em agosto de 2005.

A Funev é uma instituição autônoma vinculada à Associação Educativa Evangélica (AEE) e suas mantidas, especialmente a Unievangélica. Essa informação, inclusive, está no site do centro universitário.

O texto diz ainda que a Funev é responsável por gerir vários projetos, entre eles o Criar e Tocar, trabalho de inclusão social com a proposta de educação musical e artística para crianças e adolescentes.

A entidade também é parceira da Clínica do curso de Fisioterapia da Unievangélica, e é gestora do Hospital Universitário Evangélico de Goianésia. O Ambulatório Universitário Central em Anápolis também é gerido pela Funev.

Em março de 2011, a Funev foi qualificada por meio do Decreto Estadual nº 7.240 como Organização Social e fez parte, inclusive, do edital de chamamento para gerenciamento de unidades escolares no Estado de Goiás.

Desafios Um dos desafios para a nova gestão do Huana é efetivar junto ao governo estadual os leitos criados a partir da ampliação do hospital, mas que ainda aguardam aumento no repasse financeiro para contratação de pessoal e manutenção mensal.

São 69 novos leitos que se somariam aos 80 já existentes. Até recentemente,o Huana chegou a operar 102 leitos, mas retomou o quantitativo original porque não conseguiu fechar acordo com o governo, para pagar o complemento financeiro gerado a partir desse acréscimo.

Câmara Esse desejo de assumir a gestão do Huana foi comunicado ao presidente da Câmara Municipal de Anápolis, Leandro Ribeiro (PTB), em reunião nesta segunda-feira (8.abr), com as presenças do reitor da Unievangélica, Carlos Hassel Mendes da Silva, do presidente da Funev, Cecílio Alves de Moraes, e do membro da AEE, Augusto César Rocha Ventura.

"Nossa OS tem sim a capacidade de gestão do hospital, conta com profissionais qualificados e habilitados em gestão. Por isso vamos propor que a Funev assuma a gestão do Huana”, disse Cecílio Moraes.

Desafio da nova gestão do Huana é colocar em funcionamento a ampliação do hospital (Divulgação)

#anápolis #hospitaldeurgênciasdeanápolis #fasa #funev

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo