Presidente do DC diz que Miguel Marrula foi abandonado pelo governo Caiado


||| Alexandre Magalhães critica demora na nomeação de nomes que foram importantes para a eleição do governador e cita como um dos exemplos o ex-vereador anapolino

MARCOS VIEIRA

O presidente do partido Democracia Cristã (DC) em Goiás, Alexandre Magalhães, disse que o ex-vereador Miguel Marrula foi abandonado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM).

Em entrevista à Rádio Bons Ventos, reproduzida pelo site Diário de Goiás, o líder do DC criticou Caiado por não dar espaço no governo para as siglas que o apoiaram, citando o caso de Marrula em Anápolis.

Ao ser questionado quem estava abandonado, Magalhães disse que o “o pessoal que trabalhou em campanha”.

Na sequência, ele citou o político anapolino. “Eu não quero cargo, eu abro mão de cargo. Por exemplo, eu tenho um companheiro chamado Miguel Marrula, que foi candidato a deputado estadual pelo DC de Anápolis, e foi o deputado mais bem votado da base. Mas não foi eleito, teve 10 mil votos em Anápolis. Então, os 12 ou 13 partidos que acolheram o Ronaldo Caiado, ele foi o bem mais votado de Anápolis e aí eu pergunto, porque está abandonado”.

Marrula teve 9.121 votos em Goiás, ficando em sexto dentro do seu partido, que elegeu Rafael Gouveia e Zé Carapô. Foram 7.672 votos em Anápolis, o segundo mais bem colocado entre os candidatos a deputado estadual que faziam parte da coligação do governador.

É inegável e ligação de Miguel Marrula com Ronaldo Caiado. Na 15ª legislatura da Câmara Municipal de Anápolis (2005-2008), ele assumiu mandato quando o DEM ainda era PFL.

Saiu da eleição de 2012 como suplente de vereador e acabou assumindo mandato em 2015.

Em 2016, era considerado forte candidato a conquistar uma vaga de vereador, mas topou ser vice de Pedro Canedo, que disputou a Prefeitura de Anápolis, na chapa puro sangue do DEM.

No ano passado acabou se filiando ao DC, em uma estratégia organizada junto a companheiros do DEM anapolino, com o objetivo de fazer com que a base de apoio a Ronaldo Caiado tivesse mais força.

Mais adiante na entrevista, Alexandre Magalhães diz que a Secretaria de Governo, cujo titular é o ex-deputado Ernesto Roller, está enrolando os partidos aliados.

O presidente do DC é questionado se alguma coisa prometida aos partidos não foi cumprida.

“O governador em momento algum prometeu qualquer cargo a presidente de partido ou secretaria. Ele nunca prometeu, foi muito ético nessa conduta. Ele falou que todos os companheiros seriam agraciados no governo dele, que quem tivesse uma votação acima de 3 mil votos também seriam agraciados”.

Magalhães reclama de políticos que não foram aliados de Caiado na campanha, mas que estão no governo. “Agora tem gente dentro do governo dele que eu não vou dar o nome aqui, que é malandro e conheço de longas datas. Então, não está essa pureza que ele está imaginando não”, disse ele para a Rádio Bons Ventos.

Ex-vereador Miguel Marrula, que segundo o presidente do DC, Alexandre Magalhães, já deveria ter sido aproveitado pelo governo Ronaldo Caiado

#governoronaldocaiado #dc #miguelmarrula #alexandremagalhães #goiás #anápolis #disputapolítica