Revitalização da Praça Americano do Brasil faz parte de pacote de melhorias para região central


||| Além da reforma do espaço público, prefeito Roberto Naves diz que estudo determinará espaço adequado para ambulantes, liberando as calçadas para pedestres e beneficiando o comércio tradicional estabelecido no Centro

MARCOS VIEIRA

A revitalização da Praça Americano do Brasil (Praça do Avião) faz parte de um projeto mais amplo da administração municipal que inclui outras mudanças na região central de Anápolis.

No lançamento da obra, na quarta-feira (24.abr), o prefeito Roberto Naves (PTB) anunciou em discurso que determinou à Secretaria de Desenvolvimento Econômico que faça um estudo para alocar ambulantes que hoje ocupam calçadas com suas bancas.

“Temos que ter um ponto de equilíbrio”, disse Naves. Segundo ele, é preciso manter o sustento dos pais de família que trabalham como ambulantes, e garantir o livre trânsito nas calçadas, essencial para os lojistas.

A ideia inicial é que os camelôs ocupem um local específico, a ser oferecido pelo poder público, e que eles possam deixar a informalidade, passando a ter um CNPJ.

O prefeito disse estar atento àqueles que exploram o comércio ambulante de forma indevida, com quatro a cinco bancas cadastradas, cobrando aluguel de terceiros. “Temos mapeado essa situação, que será combatida”, explicou.

Naves também informou pediu ao diretor da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), Fernando Cunha, um projeto para o Centro.

As mudanças na região da Praça Americano do Brasil começam com a inauguração de banheiros públicos na Estação Ferroviária, em até 15 dias. Esse é um pedido antigo de quem frequenta o Centro.

O Mirage F103 exposto na praça foi repintado recentemente por membros da ALA 2. Agora a empresa contratada para a reforma do espaço vai fazer reparos no meio fio, substituição da iluminação, pintura e revisão de calçamento.

A Praça Americano do Brasil também vai ganhar um jardim completo e novas lixeiras. Serão instaladas mesas e bancos.

Outros dois espaços importantes na região central também vão ser revitalizados: Praça Bom Jesus e Praça das Mães. Entram ainda nesse primeiro pacote a Praça Badia Daher (Jundiaí), Praça Cônego Trindade (Vila Góis), Parque da Liberdade e uma praça no distrito de Interlândia.

Roberto Naves comentou que depois de ter feito o dever de casa, colocado a parte financeira em ordem, será possível atacar com ênfase a situação do Centro. “Não me esqueci dos compromissos de campanha, da realidade. Nesses dois anos estávamos suprindo o déficit”, frisou. Segundo ele, dos R$ 400 milhões de dívidas herdadas, sua gestão pagou R$ 210 milhões em dois anos.

Segundo o prefeito, a reforma das praças não é simplesmente “passar um batom”. São trabalhos que vão mexer na parte estrutural dos espaços. “Por isso foi feito o processo licitatório, para contratação de uma empresa”. Roberto Naves falou também que pretende construir novas praças.

Prefeito Roberto Naves no lançamento das obras na Praça Americano do Brasil (Gislaine Matos/Dircom)

#prefeitorobertonaves #prefeituradeanápolis #praçaamericanodobrasil

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo