Salão Anapolino de Arte expõe obras de artistas de todas as regiões do Brasil


||| Exposição é uma das principais fora do eixo Rio-São Paulo; essa 24ª edição teve recorde de inscritos e teve o compromisso de dar maior visibilidade aos trabalhos de artistas mulheres

A 24ª edição do Salão Anapolino de Arte, além de ter registrado número recorde de inscrições (foram 795) e de contar com a participação de artistas de quase todos os estados, também é a primeira em que a quantidade de homens e mulheres selecionados é absolutamente igualitária. Também é inédita a presença de um representante do Amapá. Embora marcada pela pluralidade geográfica, a principal característica da mostra deste ano é a convergência das narrativas poéticas dos 20 artistas que a compõem.

E esses trabalhos podem ser apreciados no sábado (18.mai), durante coquetel, quando também se anunciam os nomes dos quatro artistas premiados. O evento acontece na Galeria de Artes Antônio Sibasolly, a partir das 20h. Com aporte financeiro do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, a exposição é uma realização da Prefeitura de Anápolis, via Secretaria Municipal de Cultura e Associação dos Amigos da Galeria Antônio Sibasolly.

“Nesta edição, tínhamos um compromisso, o de dar visibilidade a obras de artistas mulheres e ao desenvolvimento do contexto contemporâneo em que elas estão inseridas”, explica o curador do Salão Anapolino e coordenador da Galeria Antônio Sibasolly, Paulo Henrique Silva. É nessa perspectiva que os trabalhos de Adriana Vignoli, Danielle Fonseca, Fernanda Adamski, Fernanda Azou, Hariel Ravignet, Andréa Hygino, Estefânia Young, Cristiana Nogueira, Júlia Milward e Yara Pina estabelecem relações e diálogos que enfatizam problematizações do universo feminino, destaca ele.

Assim como as obras das mulheres, os trabalhos apresentados por Joardo Filho, Renato Rios, Maurício Pokemon, Mano Penalva, Claúdio Trindade, Élcio Miazaki, Daré, Guerreiro do Divino Amor, Eriel Araújo e Marcelo Amorim chamam a atenção por fazer alusão ao momento político em que vive o Brasil, reafirmando o papel da arte de provocar reflexão sobre o ser humano e suas ações.

Dente os 20 artistas selecionados para a mostra, a Comissão de Premiação - formada por Orlando Maneschy, Ana Luísa Lima e Nilton Campos - tem a reponsabilidade de definir os quatro vencedores desta edição. Esses artistas recebem prêmio individual no valor de R$ 10 mil.

Referência O curador do Salão Anapolino de Arte, Paulo Henrique Silva, afirma que o evento se tornou uma das principais referências em artes visuais fora do eixo Rio-São Paulo. “O Salão, hoje, figura entre os principais mecanismos de promoção da jovem arte contemporânea do Brasil, e, portanto, inverte a lógica estabelecida entre centro e periferia”, destaca.

Ele acrescenta que um evento com esse porte, realizado em uma cidade localizada no interior do país, aponta para um novo norte, assumindo para si importante papel no mapeamento da produção contemporânea brasileira. “Temos a responsabilidade de continuar trabalhando para manter e aprimorar ainda mais o Salão Anapolino de Arte”, acrescenta Paulo Henrique.

Prêmio Artista Convidado Uma novidade trazida no Salão Anapolino deste ano é o Prêmio Artista Convidado, concedido aos profissionais Dalton Paula, Selma Parreira e Marcelo Solá. Além das premiações, uma sessão de reconhecimento consta da programação. O homenageado desta edição é o artista anapolino Nazareno Pereira Filho, o Napefi.

Com o Prêmio Artista Convidado, o objetivo é reconhecer a importante contribuição desses artistas na projeção da arte contemporânea goiana em âmbito nacional e internacional e, em contrapartida, é um mecanismo para enriquecer o acervo do Museu de Artes Plásticas de Anápolis (Mapa) com a aquisição de obras de expressiva importância artística e histórica.

Serviço Coquetel de abertura da mostra do 24º Salão Anapolino de Arte Data: 18 de maio (sábado) – 20 horas Horário: Galeria de Artes Antônio Sibasolly – Praça Bom Jesus, nº 101 – Centro Período da exposição: 20 de maio a 28 de junho, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Informações: 3902 1089

#salãoanapolinodearte #cultura #anápolis