PSDB de Anápolis tem até setembro para tentar nome de consenso para a presidência do diretório munic


||| Comissão provisória é composta por representantes dos diferentes segmentos da sigla, sob o comando da advogada Maristela Rodrigues; desafio dos tucanos é montar chapa de vereadores competitiva e buscar nome para a disputa de prefeito em 2020

FERNANDA MORAIS

Desde outubro de 2018, quando o vereador Pastor Elias Ferreira renunciou à presidência do PSDB de Anápolis, o diretório local passou a ser comandado pela vice-presidente Maristela Rodrigues.

Na manhã desta segunda-feira (17.jun), a advogada informou que o PSDB está se organizando para realizar uma nova eleição para escolha dos integrantes da executiva e diretório, prevista para acontecer na primeira semana do mês de setembro.

“O primeiro passo para a eleição interna do PSDB é a formação da Comissão Provisória, que hoje conta com oito filiados representantes de todos os segmentos do partido”, informou Maristela.

A advogada disse que além dela, que segue na direção, fazem parte dessa comissão a ex-deputada estadual Onaide Santillo (representante das mulheres), o ex-prefeito de Anápolis João Gomes, os vereadores Américo Ferreira e Mauro Severiano, o delegado Glayson Reis (que é assessor especial de Segurança Pública da Prefeitura de Anápolis), Mário Henrique de Paula (juventude) e Bruno Azevedo (representante dos filiados mais antigos).

De acordo com Maristela, a partir de agora o PSDB dá passos importantes para se organizar internamente de olhos nas eleições de 2020. A expectativa dos tucanos é ter condições de montar uma chapa completa e competitiva para vereadores e ainda lançar candidato a prefeito pela sigla.

Questionada se já existem nomes pleiteando a presidência do PSDB, a advogada informou que pelo menos três filiados tem o interesse de ocupar o cargo, mas que ainda é cedo para divulgar os nomes.

“Temos um regulamento a seguir, ainda não foi publicado o edital da nova eleição. Vamos esperar a hora certa. O partido é grande e forte em Anápolis, tem pessoas competentes interessadas nessa gestão com foco na organização interna”, esclareceu.

Ainda de acordo com Maristela, seria ideal que o PSDB escolhesse a sua nova diretoria sem passar por um processo eleitoral. “Mas isso faz parte da democracia. É normal e não temos dúvidas que o nosso partido chegará fortalecido nas eleições do ano que vem”, terminou.

Ex-prefeito Adhemar Santillo com presidente do PSDB de Goiás, Jânio Darrot, em reunião recente em Anápolis,

com as presenças dos vereadores Mauro Severiano e Américo, e ex-vereador Wesley Silva (Divulgação)

#anápolis #eleições2020 #psdb #goiás

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo