Anápolis fecha 1º semestre de 2019 com criação de 984 novas vagas de trabalho


||| Dados do Caged mostram que o setor de serviços foi o que mais empregou pessoas na cidade entre janeiro e junho deste ano, abrindo 930 novos postos de emprego no período. Comércio teve o pior resultado, com fechamento de 121 vagas de trabalho

MARCOS VIEIRA

Anápolis fechou o primeiro semestre de 2019 com a criação de 984 novas vagas de trabalho. De acordo com o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), foram 20.031 admissões e 19.047 desligamentos.

O setor de serviços foi o que mais empregou pessoas na cidade entre janeiro e junho deste ano, abrindo 930 novos postos de trabalho. Em seguida, aparece a construção civil, com saldo positivo de 166 novas vagas. A indústria de transformação criou 62 novos empregos, enquanto o comércio teve saldo negativo, fechando 121 postos de trabalho.

O desempenho do mercado de trabalho local nos primeiros seis meses de 2018 foi melhor, com abertura de 1301 novas vagas. A diferença com o saldo desse ano é que a indústria de transformação e o comércio conseguiram números maiores naquele momento, abrindo 524 e 109 novos postos de trabalho.

Em compensação, entre janeiro e junho de 2018 o setor de serviços gerou 584 vagas de emprego, bem menor do que neste ano. No período passado a construção civil criou 69 novas vagas.

Veja o desempenho do mercado de trabalho de Anápolis no primeiro semestre de 2019. Os dados são do Caged:

#anápolis #emprego #geraçãodeemprego #primeirosemestre #2019 #caged