CMTT libera estacionamento do lado direito da Rua Barão do Rio Branco


||| Mudança em uma das principais vias da região central de Anápolis atende ao pedido feito pela Câmara de Dirigentes Lojistas, que alega perda de clientes no comércio da região devido à falta de estacionamentos públicos

FERNANDA MORAIS

A classe empresarial de Anápolis, através da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), teve uma reivindicação antiga atendida pela Prefeitura de Anápolis. Desde a manhã desta segunda-feira (12.ago), o lado direito da Rua Barão do Rio Branco, uma das principais vias da região central, está liberado para estacionamento. As placas de proibição, inclusive, já foram retiradas.

A reunião que culminou na decisão de liberar novamente o estacionamento na via foi realizada no dia 15 de julho, com a presença do prefeito Roberto Naves (PTB), do diretor da Companhia Municipal de Trânsito e Transportes (CMTT), Fernando Cunha, e do presidente da CDL, Wilmar Jardim. A princípio a promessa era liberar o lado direito a partir do dia 1º de agosto, logo após o final das comemorações do aniversário de Anápolis.

O estacionamento na Rua Barão está proibido desde 2012. Desde então os comerciantes locais alegam que passaram a sofrer perdas significativas nas vendas. Wilmar Jardim argumentou que muitas empresas fecharam e as que resistiram à crise tiveram que reduzir gastos, como o corte de funcionários, para não baixar as portas.

O previsto é que o estacionamento do lado direito da Barão permaneça liberado pelo menos até o final desse ano. Acredita-se que o prazo será suficiente para conclusão do projeto de implantação da área azul digital em Anápolis.

De acordo com o diretor da CMTT, Fernando Cunha, estudos técnicos estão sendo realizados sobre a viabilidade do sistema. Após a conclusão dessa etapa, o projeto será mandado para o departamento de licitação da Prefeitura de Anápolis, que fica responsável pelo certame para a contratação do serviço.

À época que o acordo com os comerciantes foi firmado, ficou definido ainda que assim que a via estivesse com a faixa de estacionamento liberada, agentes de trânsito da CMTT estariam na região promovendo um estudo de área. O objetivo seria verificar a variação dos veículos que estão estacionados na via. A ideia é evitar que as vagas sejam ocupadas apenas por donos e funcionários das lojas das proximidades.

Enquanto comerciantes comemoraram a iniciativa, os motoristas que circulam pela Rua Barão do Rio Branco afirmam que a decisão de liberar novamente o estacionamento na via significa um retrocesso para mobilidade urbana. Com menos espaço na faixa de rolamento a tendência é que o trânsito fique lento, principalmente nos horários de pico – no início da manhã e final da tarde.

Registro feito no final da tarde de segunda-feira (12.ago), com os carros já parados do lado direito da Rua Barão do Rio Branco (Fernanda Morais)

#anápolis #ruabarãodoriobranco #estacionamento #trânsito

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo