PSOL vai disputar eleições em Anápolis em 2020, diz Elber


||| Dirigente promete ajudar a remontar partido na cidade visando disputa majoritária e chapa de candidatos a vereador. Última participação da sigla foi em 2008, com o próprio Elber candidato a prefeito

FERNANDA MORAIS

O PSOL ensaia uma nova participação no processo eleitoral de Anápolis, inclusive com candidato a prefeito. É o que diz um dos dirigentes da sigla na cidade, Elber Sampaio.

Para o projeto eleitoral será preciso remontar o partido na cidade. Desde novembro de 2013 o órgão partidário está inativo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em entrevista à rádio Manchester News, Elber confirmou que o primeiro passo é montar uma comissão provisória. A ideia, então, é juntar a militância e atrair novos filiados com potencial de eleição.

“O PSOL tem estrutura e movimentação nacional forte e atuante, principalmente na defesa dos trabalhadores. Em Anápolis já temos estudantes e pessoas interessadas em participar do nosso projeto”, disse.

Elber Sampaio foi candidato a prefeito pelo PSOL em 2008. Teve 709 votos. Voltou a enfrentar as urnas em 2014, dessa vez como candidato ao Senado, e teve 9.503 votos.

O PSOL não disputou a eleição majoritária em 2012 e 2016.

Para 2020, Elber afirma que não tem pretensão de disputar nenhum cargo eletivo. “Não tenho o compromisso de ser candidato. Hoje não estou pleiteado nenhum cargo. O meu compromisso, já assumido com militantes do PSOL é de organizar a legenda, formar a comissão e ajudar na sua estruturação para 2020”.

“Precisamos de uma chapa para vereadores e analisar a possibilidade de participar também em uma composição majoritária”, concluiu.

#psol #anápolis #eleições2020