Forças de segurança de Goiás e DF prendem autor de crime bárbaro ocorrido em Anápolis


||| Patrick Paes Gonçalves foi preso e confessou que matou Washington Oliveira da Silva a golpes de martelo e disparos de uma arma de fogo de fabricação artesanal

MARCOS VIEIRA

Patrick Paes Gonçalves, 24, foi preso neste domingo (29.set), no Distrito Federal, e confessou ter matado o colega de trabalho Washington Oliveira da Silva, 30, em um crime bárbaro ocorrido em um churrasquinho em Anápolis, na noite de sexta-feira (27.set).

Imagens das câmeras de segurança do estabelecimento comercial que fica na Avenida Mato Grosso, no Bairro Jundiaí, mostram Patrick golpeando Washington pelas costas. Momentos depois a vítima tenta se levantar, atordoada, mas é alvejada por disparos de arma de fogo.

Ao ser preso, Patrick informou onde havia dispensando a arma, que foi encontrada pelos policiais de Anápolis na BR-153, na saída para Brasília. O artefato é de fabricação artesanal.

O assassino confesso vai responder pela prática de homicídio duplamente qualificado. Patrick foi preso no Distrito Federal, mas será recambiado para Anápolis nos próximos dias.

A prisão do criminoso contou com um trabalho rápido do Grupo de Investigação de Homicídios de Anápolis.

A partir da identificação do autor na cena do crime, por meio de ações desenvolvidas pela Gerência de Operações de Inteligência (GOI) da Polícia Civil de Goiás foi possível identificar eventuais endereços em que Patrick Paes poderia estar escondido.

Autoridades policiais de Águas Lindas, no DF, foram notificadas do caso. Várias equipes se reuniram e fizeram buscas em todos os endereços informados pelos investigadores de Goiás. Ao ser localizado, Patrick estava com o veículo utilizado para a fuga após o crime em Anápolis.

Ao ser capturado, ele foi apresentado na 13ª DP de Sobradinho, local em que confessou a prática delitiva. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Anápolis)

Arma artesanal utilizada por Patrick Paes (detalhe) para matar Washington, em um churrasquinho em Anápolis; antes dos tiros o autor confesso do assassinato golpeou a vítima com um martelo, em um crime chocante

#anápolis #crime #homicídio