Número de mortes nas rodovias cai 50% durante feriado de Natal


||| Polícia Rodoviária Federal registrou ainda 54 acidentes durante o período, com 79 feridos. Chama a atenção os 71 flagrantes de embriaguez ao volante em cinco dias de operação

DA REDAÇÃO

O balanço da Operação Natal 2019 da Polícia Rodoviária Federal (PRF), apresentado na sexta-feira (27.dez), mostra redução de 50% das mortes nas estradas de Goiás, em comparação com o mesmo período do ano passado.

Os dados são de 20 a 25 de dezembro. Neste ano foram 5 mortes nas BRs, ante 10 em 2018. Em 2019 foram registrados 54 acidentes, com 79 feridos. Já no ano passado foram 52 acidentes e 56 feridos.

Duas mortes aconteceram no dia 22.dez, na BR-153, próximo ao trevo que dá acesso às cidades de Ceres e Rialma. Uma mulher de 57 anos e um menino de 3 anos, avó e neto, foram as vítimas fatais.

De acordo com levantamentos preliminares da PRF, as vítimas seguiam no sentido sul-norte em uma Ford Ranger quando, segundo testemunhas, o motorista da caminhonete tentou ultrapassar uma carreta bitrem e para não colidir com outro veículo que seguia no sentido contrário, a Ranger bateu no bitrem, capotou, saiu da pista e foi parar em barranco do lado oposto.

Na caminhonete viajavam quatro pessoas, um casal de avós e dois netos, todos ficaram presos às ferragens. A avó e o neto não resistiram aos ferimentos e morreram no local, o avô, de 60 anos, e o neto, de oito anos, tiveram ferimentos graves, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e encaminhados para uma unidade de saúde em Ceres.

O motorista do bitrem teve ferimentos leves, foi submetido ao teste de bafômetro e não estava alcoolizado.

A PRF registrou ainda 2.367 autuações. Foram 294 multas por ultrapassagem em local indevido, 154 por falta de cinto de segurança, 71 por embriaguez ao volante e 18 por uso de celular enquanto dirige.

Um motorista profissional de 41 anos foi preso depois de perder o controle da direção de um Gol, subir o carro no meio fio da rodovia, sair da pista e dormir no interior do veículo.

O carro foi visto pela Guarda Civil Metropolitana (GCM) quando seguia no sentido Goiânia-Guapó, ziguezagueando na rodovia, no final da noite de quarta-feira (25.dez).

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada e ao submeter o motorista ao teste de bafômetro ele foi reprovado com teor alcoólico de 1,13 mg/l.

Com forte odor etílico, andar tonteante, vestes sujas e mal arrumadas, ele foi preso e encaminhado à Central de Flagrantes local.

Ao consultar os sistemas da polícia os agentes constataram que o homem está com o direito de dirigir suspenso desde o mês de julho de 2019.

Caminhonete completamente destruída após acidente na BR-153, que matou avó e neto (Divulgação PRF)

#prf #balançonatal2019 #rodovias #acidentes #mortes

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo