Baldy descarta indecisão no PP: candidatura em Anápolis é a do prefeito Roberto Naves


||| Alexandre Baldy revela que o deputado Coronel Adailton, que tem insistido em uma pré-candidatura a prefeito, sabia desde o início que se Naves fosse para o PP teria sua candidatura consolidada dentro do partido

MARCOS VIEIRA

O ex-ministro Alexandre Baldy foi claro essa semana quanto à posição do PP em Anápolis: a sigla apoia a reeleição do prefeito Roberto Naves.

Baldy preside o Progressistas em Goiás e foi provocado a se posicionar sobre as reiteradas declarações do deputado estadual do partido na cidade, Coronel Adailton, de que mantém uma pré-candidatura a prefeito em Anápolis.

O parlamentar falou, inclusive, que está há mais tempo no PP e que toparia ir para a convenção que definiria o cabeça de chapa. Na política, convenção é o primeiro passo para um racha que em muitos casos interfere no desempenho eleitoral.

Em entrevista à Rádio Manchester News, na quarta-feira (15.jan), Alexandre Baldy afirmou que sempre foi transparente com Adailton sobre o convite para que Naves deixasse o PTB e fosse para o PP, se tornando o candidato da sigla em Anápolis.

“Portanto, havendo essa concretização, consolidou-se a candidatura”, ressaltou Baldy. Em seguida, o ex-ministro, hoje secretário estadual em São Paulo, afirmou que não fica em cima do muro, não falta com a palavra, nem com o caráter e também não é indeciso. “Palavra dada é palavra cumprida”.

Questionado sobre vídeo gravado por Coronel Adailton incentivando a criação do Aliança pelo Brasil, partido do presidente Jair Bolsonaro, Baldy lembrou que uma eleição proporcional conta com votos de todos do partido, portanto que isso seja valorizado.

“Se o desejo dele for propagar a formação do Aliança, eu respeito. Se o desejo dele for mudar a sua posição partidária, relevando todo o esforço que o Progressistas fez para que ele pudesse ser eleito em 2018. O mandato foi conquistado por todos que foram candidatos. Sempre desejarei sorte e sucesso onde ele esteja”, afirmou Baldy.

Questionado se o ato do deputado seria infidelidade, o ex-ministro disse que isso não havia passado por sua cabeça. Mas em seguida, deu o recado: “Queremos sucesso para que as pessoas possam fazer da política um ato de lealdade, de crescimento e de engrandecimento do povo, sobretudo de Anápolis, que espera por uma vida melhor”.

#anápolis #notícias #política #eleições2020 #pp #progressistas #deputadocoroneladailton #prefeitorobertonaves #précandidatura

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo