PSL agora tem dois pré-candidatos a prefeito de Anápolis


||| Ex-secretário municipal Valeriano Abreu chega ao partido, assume a presidência da comissão provisória e tentará viabilizar seu nome para a eleição. Outro pré-candidato da sigla é o empresário Edson Tavares

MARCOS VIEIRA

O advogado Valeriano Abreu se filiou ao PSL e assumiu o comando do partido em Anápolis, em ato na terça-feira (11.fev), com a presença do deputado federal Delegado Waldir, presidente da sigla em Goiás.

Valeriano é pré-candidato a prefeito, assim como outro companheiro de PSL, o empresário Edson Tavares, que vai se incumbir de indicar os outros nomes da comissão provisória, como o vice-presidente (possivelmente ele próprio), tesoureiro e secretário geral.

Tavares nunca disputou uma eleição – foi secretário municipal por um breve período na gestão Ernani de Paula. Já Valeriano tenta a sua quarta candidatura.

O advogado foi candidato a vereador em 2008, pelo PSC, obtendo 897 votos e ficando na suplência do partido. Acabou sendo chamado pelo então prefeito eleito, Antônio Gomide (PT), para assumir o Procon, que mais adiante seria transformado em Secretaria de Defesa do Consumidor.

Valeriano permaneceu no cargo de secretário também no segundo mandato de Gomide, iniciado em 2013, e continuou na função ao lado do vice empossado prefeito João Gomes (na época PT, hoje PSDB), a partir de abril de 2014.

O advogado deixou o governo municipal para se candidatar a prefeito de Anápolis em 2016, pelo PSC. Ficou em 4º lugar, com 23.520 votos. Apoiou o prefeito Roberto Naves (PP, na época PTB) no segundo turno, retornando à administração a partir de 2017 como secretário.

Em 2018, no Podemos, Valeriano foi candidato a deputado federal, conquistando 33.554 votos. Passada a eleição, voltou à Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor.

Em outubro do ano passado, se filiou ao PSD. No mesmo mês deixou a administração municipal. Em dezembro, resolveu sair do PSD e agora, se filia ao PSL.

O advogado falou sobre seu novo projeto em entrevista ao repórter Lucivan Machado, da Manchester News. Confira.

Como o senhor está chegando ao PSL? O PSL é o segundo maior partido do Brasil, conservador, defende a vida, defende a família, defende nossas crianças contra ideologias descabidas. Então é um partido muito importante e que tem um presidente regional de palavra, que não negocia, não vende e não troca o partido. Isso nos dá a segurança para abraçarmos os projetos em defesa do cidadão. Não defender grupos políticos, empreiteiros, mas defender o cidadão. Eu chego me sentindo muito honrado por fazer parte desse grupo, por assumir inclusive a presidência do partido e ao mesmo tempo, com muita responsabilidade, poder honrar bandeiras defendidas pelo partido, que são as mesmas que defendemos, e ao mesmo tempo de poder dirigir o partido juntamente com Edson Tavares durante esse período pré-eleitoral, levando a bom êxito na campanha eleitoral e nas eleições do dia 4 de outubro.

O senhor chega com um grupo. Quantos são e nele há pré-candidatos a vereador? Temos vários pré-candidatos a vereador. Nós teremos a chapa completa, com 35 nomes. O PSL hoje já tem alguns nomes e a gente vai acompanhar e completar essa chapa. Além desses candidatos, vamos trazer o grupo de pessoas que sempre tem nos acompanhado, com certeza mais de 50 nomes importantes, que são comprometidos com o bem da sociedade, querem pensar a nossa cidade, [propor] soluções para problemas na área da saúde, do emprego, da atração de empresas, pessoas que vão contribuir e certamente teremos o maior e mais representativo partido da cidade de Anápolis.

Qual a possibilidade de contar com os dois vereadores nessa chapa, Thaís Souza e Deusmar Japão, ou já estão descartados? Não, eu trabalho com a possibilidade de ter todas aquelas pessoas que querem abraçar esse mesmo projeto em defesa da nossa cidade. Elas são todas muito bem-vindas. Quanto aos vereadores, tenho conversa marcada com os dois. Se eles quiserem abraçar esse projeto de defesa da nossa cidade, de defesa do cidadão, são bem-vindos. Agora, se eles tiverem uma defesa de outro projeto, às vezes tem um interesse pessoal, alguma outra questão relacionada a outro partido, eles estarão livres para poderem seguir o seu caminho.

Dois pré-candidatos a prefeito, o senhor e o empresário Edson Tavares. E aí? Isso só mostra que o PSL é um partido forte, que tem nomes representativos. Isso significa que nós, dentro de conversas, de análises e até de pesquisas, se for necessário, vamos amadurecendo e construindo juntos esse projeto, e certamente chegaremos às convenções do partido com o nome definido, um nome de consenso entre todos os companheiros do partido, que possa disputar com muita chance de ganhar as eleições municipais.

Deputado federal Delegado Waldir com os pré-candidatos Edson Tavares e Valeriano Abreu (Portal Contexto)

#anápolis #notícias #eleições2020 #précandidatos #psl #delegadowaldir #valerianoabreu #edsontavares