Renovação de contrato: Caiado pede que população delete o passado e dê uma oportunidade para Saneago


||| Prefeito Roberto Naves e governador Ronaldo Caiado assinaram um novo contrato de programa com validade de 30 anos em evento no Parque da Cidade. Estatal promete investir mais de R$ 500 milhões em Anápolis, sendo 85% nos dez primeiros anos da nova concessão

MARCOS VIEIRA

A partir desta quinta-feira (26.fev), a Prefeitura de Anápolis tem um novo contrato com a Saneago, que passa ter o direito de explorar os serviços de água e esgoto da cidade por mais 30 anos.

Em solenidade no Parque da Cidade, o governador Ronaldo Caiado (DEM) e o prefeito Roberto Naves (PP) renovaram a concessão, que também teve a assinatura do presidente da Saneago, Ricardo Soavinski.

Em seu discurso, Caiado pediu que a população deletasse o passado e desse uma oportunidade para a Saneago daqui para frente. “Não teremos gestores saindo algemados da empresa”, alfinetou o governador.

Caiado reconheceu a importância de Anápolis na sustentação financeira da Saneago. “Tirar os contratos de Goiânia e Anápolis, levaria a Saneago ao colapso”, comentou.

A renovação com Anápolis dá fôlego para que o governo estadual cumpra o objetivo de vender 49% das ações da Saneago, através da abertura de capital da estatal na Bolsa de Valores. Sem um cliente importante como é Anápolis, seria difícil convencer investidores.

Foi feita uma antecipação da renovação, já que o atual contrato só venceria em 2023. Com esse novo contrato de programa, garante a Saneago, será possível investir em Anápolis, algo que não ocorreu nos últimos anos – ao menos não na proporção que a cidade precisa, já que a falta de água no período de estiagem é algo comum.

O prefeito Roberto Naves usou material preparado em vídeo para justificar a decisão de renovar o contrato. Ele apontou os motivos para a não municipalizar o sistema de água e esgoto, algo anunciado em sua campanha: a necessidade de investimentos de mais de R$ 500 milhões, valor que a administração municipal não possui.

“Municipalizar não foi possível porque não tínhamos recursos, a cidade se tornaria um caos”, frisou Roberto. O prefeito revelou que foi em busca de empresas para que houvesse a privatização do sistema anapolino, mas não foi possível encontrar nenhuma com a capacidade de investimento que Anápolis necessita.

Em relação à antecipação da renovação, o prefeito ressaltou que os problemas não poderiam esperar três anos para serem resolvidos. Segundo Roberto, a captação e tratamento da água estão no limite – tudo que é produzido é consumido pela população. O prefeito apontou algumas vantagens do novo contrato, entre elas a criação de uma agência reguladora municipal para fiscalizar os serviços da Saneago.

Uma novidade desse novo contrato é o aumento de 4% para 5% do repasse para o Fundo Municipal de Meio Ambiente e Saneamento. Esse percentual é mensal e de acordo com o faturamento da empresa.

Quanto às projeções, a Saneago garante manter 100% da população atendida com água, independentemente do crescimento populacional. Já em relação à rede de esgoto, esse percentual partiria dos 66,88% atuais, chegaria em 88,88% com 15 anos de contrato e, ao 30º e último ano de vigência, alcançaria 96,78%.

Hoje a empresa admite uma perda de 38,65% da água produzida em Anápolis devido a vazamentos na rede. No novo contrato, esse índice cairia para 29,18% em 15 anos e, em 30 anos, ficaria em 19,10%.

No plano de investimentos, o total prometido em 30 anos para o abastecimento de água seria de R$ 436 milhões. Entre o primeiro e quinto ano de vigência do novo contrato aconteceriam os maiores aportes, chegando a R$ 263 milhões – desse montante, R$ 238 milhões seriam para melhorias no sistema. Outros R$ 100 milhões seriam gastos também para mesma finalidade entre o sexto e décimo ano do contrato.

Para a rede de esgoto a promessa é de R$ 89,6 milhões investidos em 30 anos, com maior aporte entre o sexto e décimo ano (R$ 22 milhões).

Governador Ronaldo Caiado discursa em Anápolis, na renovação de contrato com a Saneago por mais 30 anos (Foto: Ismael Vieira)

#anápolis #notícias #saneago #renovaçãocontrato #prefeitorobertonaves #governadorronaldocaiado