Idosos de Anápolis serão vacinados em casa contra a gripe influenza


||| Secretaria Municipal de Saúde dá início à vacinação de grupo prioritário. Primeiros locais a receberem equipes volantes são Vila Formosa, São Carlos, Paraíso, Jardim Alexandrina, Arco Verde e o distrito de Souzânia

MARCOS VIEIRA

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) não foi só antecipada por conta da pandemia do coronavírus, mas também teve toda sua dinâmica alterada. As regras estão sendo definidas por cada secretaria de saúde, portanto é preciso estar atento ao que foi estabelecido em Anápolis.

A campanha aqui começa nesta segunda-feira (23.mar). Não acontecerá vacinação nos postos de saúde, pois a ordem é evitar aglomerações. A Secretaria Municipal de Saúde avisa que as doses não estarão disponíveis nas unidades, portanto não há necessidade da população ir até esses locais em busca da imunização.

Neste primeiro momento, a prioridade para vacinação são os idosos que vivem em instituições de longa permanência (abrigos) e também os médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem que estão na linha de frente do trabalho de prevenção, controle a contenção da covid-19.

Também começa nessa semana a ida de equipes na casa dos idosos para a vacinação. Segundo a Secretaria de Saúde, eles serão identificados e visitados em domicílio conforme o cadastro das unidades de saúde. “Coletamos os dados e identificamos os idosos para montarmos nosso cronograma”, explica o coordenador de Vigilância, Júlio César Espíndola.

De acordo com o cronograma, entre os dias 23 e 27 de março, as equipes volantes vão vacinar, de casa em casa, os idosos das seguintes regiões de Anápolis: Vila Formosa, São Carlos, Paraíso, Jardim Alexandrina, Arco Verde e o distrito de Souzânia.

É importante frisar que a vacinação em casa será feita por profissionais da saúde, devidamente identificados e com equipamentos de proteção individual, em veículo oficial do município. “Essas informações são fundamentais para garantir a segurança dos moradores”, frisa Júlio César.

O Ministério da Saúde enviou 9 mil doses nesse primeiro momento. Por isso, a Secretaria de Saúde criou um cronograma que prioriza os grupos de risco. É importante lembrar que é apenas a primeira remessa de vacinas e já está previsto o reabastecimento.

Os demais grupos serão organizados e imunizados assim que forem chegando mais doses da vacina, por meio de cronograma que será divulgado posteriormente.

“É importante frisar que não adianta a população procurar os postos em busca de vacina, pois as salas estão fechadas para não expor a comunidade. Estamos trabalhando de forma organizada para imunizar todos de forma responsável e segura”, ressalta Júlio César.

#anápolis #notícias #vacinagripe #influenza #idosos #coronavírus #pandemia #covid19