Das 147 pessoas com suspeita de covid-19 em Anápolis, sete estão internadas


||| Boletim informativo desta sexta-feira (10.abr), mostra ainda uma outra internação entre os casos confirmados de contaminação por coronavírus, além de cinco pessoas que já receberam alta do isolamento

DA REDAÇÃO

Boletim da Secretaria de Saúde de Anápolis desta sexta-feira (10.abr), atualizado às 17h33, contabiliza 15 casos confirmados de covid-19 na cidade. Desse total, nove pessoas estão em isolamento domiciliar com seus contatos diretos. Uma delas está internada e outras cinco já receberam alta da quarentena e, de acordo com o documento oficial, são consideradas curadas.

Há 147 casos suspeitos de contaminação pelo coronavírus. São 101 suspeitas por critério clínico-epidemiológico, sem coleta de amostra. Outros 46 tiveram a coleta da amostra, portanto aguardam resposta do Laboratório Central de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO).

Dos casos suspeitos, 140 estão em isolamento domiciliar e sete estão internados em unidades de saúde públicas e privadas, seguindo critérios definidos pelo Ministério da Saúde.

Anápolis tem ainda 137 casos descartados por critério laboratorial. O boletim é assinado pela médica infectologista Deborah Mota.

Em transmissão ao vivo na internet (live) na manhã de quinta-feira (9.abr), com participação dos jornalistas Lucivan Machado, Marcos Vieira e Orisvaldo Pires, o prefeito Roberto Naves (PP) falou sobre os 13 mil testes rápidos encaminhados pelo governo federal a Goiás, e foi questionado sobre o quantitativo para Anápolis.

Segundo ele, os kits que vieram da China precisam ser validados, pois há muitas marcas no mercado atualmente, devido à pandemia, e algumas possuem somente 30% de confiabilidade.

A Prefeitura de Anápolis quer comprar testes rápidos com o recurso destinado pela Câmara Municipal, de R$ 1 milhão, mas é preciso encontrar kits que sejam confiáveis, pois segundo o prefeito, falsos negativos seriam altamente prejudiciais nesse momento.

#anápolis #notícias #coronavírus #covid19 #pandemia #boletim #internações #alta