ZAP do Social da Prefeitura de Anápolis vai destinar cestas básicas aos atingidos pela crise do coro


||| Serviço de atendimento às famílias carentes funcionará pelo Whatsapp. Administração municipal adquiriu inicialmente 20 mil cestas por mês para socorrer aqueles que estão em vulnerabilidade devido à pandemia

MARCOS VIEIRA

O prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP), e a primeira-dama Vivian Naves, anunciaram em transmissão ao vivo na internet, nesta quinta-feira (16.abr), o início do funcionamento do ZAP do Social, canal de comunicação via Whatsapp para que famílias em situação de vulnerabilidade, devido à crise do coronavírus, possam se cadastrar para receber cestas básicas.

O caminho para acessar o projeto é o portal da Prefeitura de Anápolis (anapolis.go.gov.br). Ao entrar na página, basta clicar na mensagem aberta em uma janela (pop up) – a partir daí a pessoa é direcionada a um grupo de Whatsapp, onde poderá conversar com um servidor público. Acesse aqui.

O prefeito informou que as equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social vão analisar a situação de cada família, definindo a quantidade de alimentos que será doada e a periodicidade de entrega das cestas básicas.

Roberto Naves disse que são pelo menos 20 mil famílias em situação de vulnerabilidade em Anápolis. Por isso, inicialmente a administração definiu a compra mensal de 20 mil cestas. Empresas estão fazendo doações para a prefeitura – o prefeito e a primeira-dama citaram nominalmente vários grupos empresariais da cidade que estão ajudando o poder público.

O telefone 156 segue funcionando, mas o prefeito solicitou que os pedidos sejam direcionados preferencialmente para o ZAP do Social, que criará um cadastro permanente para que as famílias sejam acompanhadas pela gestão.

Em casos de pessoas que não possuem telefone celular ou mesmo internet, Roberto Naves propôs uma corrente de solidariedade, onde vizinhos possam acionar a prefeitura informando as famílias que estejam passando por dificuldades e que não tenham meios de acionar o socorro via Whatsapp.

A primeira-dama Vivian revelou ainda que alguns parceiros do programa ‘Voluntários de Coração’ estão produzindo máscaras, que em breve poderão ser trocadas pela população por alimentos, que também serão direcionados para o serviço de ajuda às famílias.

Roberto Naves voltou a defender o isolamento social como medida eficaz para conter o avanço do coronavírus e disse que profissionais da saúde estudam a possibilidade de abertura de mais atividades econômicas, desde que essa movimentação esteja vinculada ao número de casos e uso dos leitos destinados à Covid-19.

“Podemos relaxar [as medidas de isolamento], mas acompanhando o número de leitos. Tem que estabelecer um limite de segurança para não colocar em risco a vida das pessoas”, explicou o prefeito, dando um exemplo: pode-se estabelecer que ao chegar a 70% de uso dos leitos, volta-se às medidas mais rígidas de isolamento.

#anápolis #notícias #prefeitorobertonaves #primeiradamaviviannaves #coronavírus #covid19 #pandemia #isoalmentosocial #cestabásica #zapdosocial

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo