Impactados pela crise, artistas pedem liberação do Fundo Municipal de Cultura


||| Aqueles que tiveram projetos aprovados pelo edital lançado pela Prefeitura de Anápolis pedem liberação dos R$ 750 mil para que cachês possam ser pagos e a classe artística amenize as perdas devido ao isolamento social

MARCOS VIEIRA

Artistas de Anápolis tentam ter acesso aos R$ 750 mil do Fundo Municipal de Cultura (FMC), nesse momento de crise gerada pela pandemia do coronavírus em que a maioria perdeu seus rendimentos por completo.

Proponentes do FMC estiveram na Câmara Municipal nesta quarta-feira (22.abr), pedindo apoio aos vereadores. O encontro foi organizado pela Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia, presidida pela vereadora Professora Geli Sanches (PT), com a presença do presidente da Casa, vereador Leandro Ribeiro (PP).

Os profissionais informaram aos vereadores que no dia 25 de março, edital assinado pelo secretário municipal de Cultura, Wilson de Velasco, adiou por 30 dias o cronograma de pagamento do fundo.

A definição sobre uma possível liberação do dinheiro deverá ser submetida ao Comitê Especial de Emergência, instituído a partir de decreto de calamidade pública devido à disseminação da Covid-19.

Um dos presentes na reunião com os vereadores, o produtor cultural Luís Sérgio Fragelli, informou que o FMC aprovou 31 projetos, que juntos geram renda para 400 artistas, além de contratar serviços de 40 empresas da cidade.

Ele argumentou que caso os R$ 750 mil sejam liberados, cachês poderiam ser pagos e os projetos cujas apresentações pudessem ser transmitidas pela internet poderiam acontecer. Em situações em que isso não pode ser feito, os artistas cumpriram o cronograma assim que as medidas de isolamento social fossem afrouxadas.

Fragelli explicou que muitos artistas estão sem dinheiro para o sustento e como agravante, por fazerem parte de editais em outros anos, não se enquadram no perfil para conseguirem o auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal.

O presidente da Câmara, vereador Leandro Ribeiro (PP), fez contato com o secretário municipal de Cultura, que explicou ter enviado um ofício ao Comitê Especial de Emergência solicitando a liberação do Fundo de Cultura. Leandro então se colocou à disposição para juntamente com os demais vereadores irem à Secretaria Municipal da Fazenda, pleitear a liberação da verba para a classe artística.

Também participaram da reunião os vereadores Lélio Alvarenga (PSC), Professora Geli Sanches (PT), Sargento Anderson José (PMN), Deusmar Japão (PP), Domingos Paula (PV) e Mauro Severiano (PSC).

#anápolis #notícias #pandemia #coronavírus #covid19 #fundomunicipaldecultura

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo