Prefeito Roberto Naves explica porque ainda não publicou novo decreto


||| Documento fica pronto na segunda-feira (27.abr) e segundo mandatário será estudo completo e aprofundado com notas técnicas sobre a atual situação da Covid-19 em Anápolis e as condições do sistema de saúde

MARCOS VIEIRA

Em publicação nas redes sociais na manhã deste sábado (25.abr), o prefeito de Anápolis, Roberto Naves (PP), anunciou que publicará um novo decreto sobre as medidas de contenção ao coronavírus na segunda-feira (27.abr), às 17h.

“Faremos isto através de uma coletiva de imprensa e uma live em nossas redes sociais onde os internautas poderão também participar”, escreve o prefeito.

Naves disse que sabe da expectativa de muitos para a publicação das novas medidas de contenção da Covid-19 na cidade, e que está focado há vários dias na redação do decreto, juntamente com equipes de epidemiologia, vigilância sanitária e outras.

“O fato é que este documento deve ser desenvolvido com total responsabilidade e cautela, tendo em vista que é necessário que ele seja acompanhado de justificativas plausíveis para cada medida adotada, em conformidade com a Organização Mundial da Saúde e vários outros órgãos no âmbito estadual e federal”, explica o prefeito.

Segundo ele, “não se trata apenas de um decreto e sim de um estudo completo e aprofundado com notas técnicas sobre a atual situação da Covid-19 em Anápolis e as condições do sistema de saúde municipal”. Roberto Naves prossegue: “tudo isto aplicado a cada atividade econômica, com parâmetros de riscos bem avaliados para cada uma delas”.

O prefeito diz ainda que se trata de um trabalho minucioso que vai garantir ao município a validade do decreto após a sua publicação.

A segunda edição do Boletim Epidemiológico da Covid-19, divulgado pela Secretaria de Saúde de Anápolis, e referente ao cenário até 21 de abril, diz que diante do baixo risco global para a doença na cidade, a medida sugerida para controle da epidemia neste momento é o distanciamento social seletivo básico.

A decisão do prefeito deve seguir em consonância com o que tem feito o governador Ronaldo Caiado (DEM). Decreto estadual liberou várias atividades econômicas, considerando medidas básicas para que as pessoas possam frequentar esses estabelecimentos.

A preocupação é com aglomerações e é preciso propor estratégias que evitem isso, sobretudo no transporte coletivo. Diante da queda do isolamento em Goiás, de 66,4% para 42,5%, Caiado chegou a falar em “fechar tudo de novo”.

#anápolis #notícias #prefeitorobertonaves #decreto #pandemia #covid19 #coronavírus

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo