Caiado promete punição rígida para organizadores de festas clandestinas

O governador garantiu prisão para quem desobedecer as regras e citou aumento de contaminação por coronavírus entre os jovens



DA REDAÇÃO


O governador Ronaldo Caiado (DEM) prometeu punições rígidas em Goiás para aqueles que “infringirem a lei e que atentarem contra a saúde pública”.


O governador garantiu que as forças policiais terão total liberdade para prender organizadores de eventos não autorizados que promovam aglomerações no Estado.


Em entrevistas recentes Caiado citou decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que dão aos governantes o poder de punir responsáveis pela organização desses eventos em decorrência do alto índice de disseminação da Covid-19 e ocupação dos leitos de UTI.


Para reforçar seu posicionamento, em suas redes sociais o político postou:


“Não tem cabimento fazer festa clandestina na maior crise sanitária que nosso País já viveu”, e continuou: “só entre os jovens a contaminação da Covid-19 já aumentou mais de 500% e com essa nova cepa muito mais agressivas todos estão correndo risco”.