Com agravamento da Covid-19, Câmara de Anápolis deve ter sessões remotas

Sessões ordinárias de março só acontecem a partir do dia 15 do próximo mês, numa tentativa de conter disseminação do vírus



DA REDAÇÃO


As sessões ordinárias da Câmara Municipal de Anápolis só voltam a ser realizadas no dia 15 de março e, dependendo do grau de agravamento da pandemia do coronavírus na cidade, elas podem acontecer de maneira remota, via internet.


Atualmente Anápolis está na fase moderada na matriz que avalia o risco de colapso no sistema de saúde. Esse é o nível amarelo, entre outros dois: verde (leve) e vermelho (crítico).


A mudança foi anunciada pelo presidente Leandro Ribeiro (PP) na sessão desta quarta-feira (24.fev). Em um cenário de normalidade, os encontros em plenário no mês de março já aconteceriam no dia 1º, mas a Covid-19 fez com que o Legislativo optasse por alterar a data.


O vereador Divininho do Sindicato (SD) testou positivo para a Covid-19 e está isolado. Antes dele, já haviam contraído a doença neste ano o presidente Leandro e os vereadores Wederson Lopes (PSC), Andreia Rezende (SD) e Cabo Fred Caixeta (Avante).


Diversos servidores da Câmara também se infectaram com o coronavírus nas primeiras semanas de 2021.


Um ato da Mesa Diretora, com duração até 31 de março, impõe restrições para a entrada na Câmara e dá a opção para que servidores de grupo de risco possam trabalhar em sistema de home office.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo