Covid-19: matriz de risco muda em Anápolis; veja como fica o funcionamento das atividades

Atualizado: Fev 19

Nível amarelo: saiba quais são as mudanças de horários e funcionamento das principais atividades econômicas da cidade



FERNANDA MORAIS


A partir da próxima segunda-feira (22.fev) a matriz de risco que avalia o colapso no sistema de saúde por conta da pandemia do novo coronavírus em Anápolis muda do grau leve para o moderado.


O anúncio foi feito pelo prefeito Roberto Naves (PP) nesta quinta-feira (18.fev). Já foi publicada também uma edição extra do Diário Oficial do Município referente às alterações.


A mudança na matriz de risco observa a taxa de ocupação dos leitos hospitalares destinado ao tratamento de Covid-19 específico para moradores de Anápolis.


Na tarde desta quinta-feira, dos 80 leitos de enfermaria disponíveis para pacientes da cidade, 26 estavam ocupados. De UTIs estavam disponíveis 50 leitos, com 26 ocupados.


A matriz em grau moderado permanece por pelo menos 15 dias. Os 11 protocolos criados e atualizados pela equipe da Vigilância Sanitária do município orientam como cada segmento da população deve proceder. Veja abaixo as principais atividades.


Durante entrevista coletiva realizada ainda na manhã desta quinta-feira, o prefeito Roberto Naves disse que “nós estamos mais uma vez em uma curva crescente”. O chefe do Executivo continuou: “Sabemos que o Estado de Goiás já se encontra com a capacidade máxima de ocupação de leitos de UTI. Falta material humano, que já está escasso e cansado, você não tem insumos, estrutura física, equipamentos”.


Uma das mudanças, por exemplo, diz respeito ao horário de funcionamento dos serviços de alimentação, que no risco leve tinha abertura autorizada até a meia-noite e passa a funcionar até as 22h, considerando também a redução de 50% para 30% da capacidade máxima de clientes no local.


Outra alteração, que se refere às escolas: as particulares podem continuar funcionando com a capacidade máxima de ocupação em 30%. Já as escolas municipais seguem com ensino online.


Existe um Protocolo Geral que deve ser seguido por todas as atividades econômicas. A seguir um resumo das obrigações:

Uso obrigatório de máscara.

Controle para se evitar aglomerações.

Vedada entrada no estabelecimento de pessoas com sintomas gripais, como febre, tosse, dor de garganta, etc.

Distância mínima de 2 metros entre as pessoas.

Adotar, quando possível, trabalho remoto.

Manter ambientes arejados.

Promover a completa desinfecção.

Disponibilizar álcool em gel 70% ou água e sabonete líquido.

Evitar o acesso ao estabelecimento de pessoas do grupo de risco.


Definições por atividades econômicas:


Transporte coletivo e privado de passageiros, incluindo aplicativos.

Não exceder a capacidade de passageiros sentados por veículo a cada viagem.


Lavajato, lojas de aluguel de veículos, estacionamentos particulares e serviços de emplacamento de automóveis.

Funcionamento de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h, e não funcionam aos finais de semana e feriados.


Oficinas mecânicas, auto-elétricas, borracharias e lojas de alinhamento e balanceamento.

Sem restrição de dias e horários.


Comércio atacado e varejo na área da construção civil (materiais de construção, ferragistas, tintas, marmorarias, madeireiras, reparos, materiais hidráulicos, materiais elétricos e similares).

Funcionamento de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Após esse horário, e nos finais de semana, funcionam apenas para entregas.


Hipermercados, supermercados, atacadistas, açougues, minimercados e similares.

Funcionam normalmente, seguem protocolo geral e permitem apenas uma pessoa por família.


Restaurantes, bares e distribuidoras de bebidas, lanchonetes, padarias, pamonharias, pizzarias, pit dogs, food trucks e similares.

Protocolo geral e até 30% da capacidade máxima de ocupação do estabelecimento e funcionamento até às 22h em todos os dias da semana, inclusive nos feriados. Após esse horário funcionamento somente por delivery, retirada ou drive-thru.


Mercado do Produtor.

Protocolo geral e até 300 clientes de maneira simultânea.


Feiras livres.

Protocolo geral e rodízio de feiras, conforme normativa específica do órgão competente.


Lojas de conveniência.

Funcionamento proibido.


Consultórios, clínicas e hospitais veterinários, serviços de banho e tosa e outros.

Funcionamento normal, seguindo protocolo geral.


Lojas agropecuárias e de produtos para animais domésticos.

Funcionamento de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Após esse horário, e nos finais de semana, funcionam apenas para entregas.


Funerárias e serviços de sepultamento.

Funcionamento normal, cumprindo o protocolo geral.


Postos de Combustíveis.

Funcionamento normal, cumprindo o protocolo geral.


Segurança pública e privada.

Funcionamento normal, cumprindo o protocolo geral.


Agências bancárias e casas lotéricas.

Funcionamento normal, cumprindo o protocolo geral.


Parques e praças.

Estão proibidos o uso de academias ao ar livre, parquinhos, brinquedos coletivos e espaços públicos esportivos.


Eventos públicos.

No máximo 50 pessoas por evento, restrito exclusivamente a congressos, reuniões e similares e desde que comunicado previamente ao órgão sanitário competente.


Eventos privados.

No máximo 50 pessoas por evento, restrito exclusivamente a casamentos, batizados e suas respectivas comemorações e desde que comunicado previamente ao órgão sanitário competente.


Boates, danceterias, salões de dança e similares. Campeonatos esportivos amadores. Casas de espetáculo, cinemas e teatros.

Não podem funcionar.


Galerias de arte, museus e bibliotecas.

Proibidos de abrirem ao público.


Brasil Park Shopping e Anashopping.

Limite máximo de 500 pessoas e horário de funcionamento de segunda à sexta-feira das 12h às 20h e não funcionam aos finais de semana e feriados. Após as 20h em dias de semana e nos finais de semana e feriados, lojas poderão funcionar para sistema de delivery.


Comércio popular: camelódromos, galerias, ambulantes e lojas instaladas no Terminal Urbano.

Limite máximo de clientes deverá ser igual ao número de lojas existentes no local e podem funcionar de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Não abrem nos finais de semana e feriados. Permitido o delivery quando fechado ao público.


Mercado Municipal.

Limite máximo de clientes deverá ser igual ao número de lojas existentes no local e podem funcionar de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Não abrem nos finais de semana e feriados. Permitido o delivery quando fechado ao público.


Igrejas (cultos religiosos e filosóficos).

Até 30% da capacidade máxima de ocupação do salão onde ocorra a celebração.


Indústria.

Funciona, seguindo protocolo geral.


Comércio atacado e varejo.

Funcionamento de segunda à sexta-feira, das 9h às 16h. Após esse horário, e nos finais de semana, funcionam apenas para entregas.


Hotéis, apart-hotéis, albergues não assistenciais e pensões.

Proibida a admissão de hóspedes de outros estados.


Salões de beleza, barbearias, massagens, estética, manicure, tatuagem e piercing.

Funcionam de segunda à sexta-feira das 9h às 16h. Não abrem nos finais de semana e feriados.


Academias, estúdios de pilates, crossfit, yoga, lutas e similares.

Máximo de 50 pessoas e horário de funcionamento das 5h às 22h, de segunda à sexta-feira. Não abrem nos finais de semana e feriados.


Cursos de idioma, artes, danças artísticas, música profissionalizante, preparatórios, kumon e similares.

Funcionam de segunda à sexta-feira das 9h às 16h. Não abrem aos finais de semana e feriados. Taxa de ocupação de no máximo 30% da capacidade total.


Escolas.

Particulares: podem funcionar com 30% da capacidade.

Públicas Municipais: continuam no sistema online.


Práticas desportivas, uso de piscinas, realização de eventos, reuniões e outras atividades desenvolvidas em clubes recreativos e em condomínios.

Atividades estão suspensas.


Atividades de ensino de esportes em centros esportivos e arena de esportes.

Atividades estão suspensas.


Atividades aquáticas, natação, hidroginástica e similares.

Atividades estão suspensas.


Motéis.

Proibido o funcionamento.


Drogarias, farmácias e distribuidoras.

Funcionam seguindo protocolo geral.


Atividades médicas e odontológicas, atividades de exames, demais serviços da área de saúde (fonoaudiologia, nutrição, fisioterapia, podologia, acupuntura, saúde do trabalhador e outros) e psicologia e psiquiatria e outros.

Funcionam seguindo protocolo geral.

Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo