Governo estadual diz que orçamento da UEG será o maior dos últimos anos

Com emenda conjunta da banca governista na Assembleia Legislativa, recursos devem chegar aos R$ 301 milhões



DA REDAÇÃO


Somada a proposta inicial de orçamento para a Universidade Estadual de Goiás (UEG), mais a emenda da bancada governista, o governo goiano afirma que a instituição terá, em 2021, o maior quantitativo de recursos dos últimos anos.


São R$ 301 milhões. A Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê R$ 251,2 milhões e as emendas dos deputados somam R$ 50 milhões.


De acordo com o secretário-chefe Geral da Governadoria, Adriano da Rocha Lima, a ideia de início era que os valores a mais fossem sendo suplementados ao longo do ano, mas que o governo decidiu antecipar a ação.


Conforme dados do governo estadual, levando-se em consideração o modelo anterior de vinculação de 2% da arrecadação líquida de alguns impostos, o orçamento da UEG em anos anteriores foi de R$ 238,5 milhões em 2018, R$ 274,8 milhões em 2019 (aprovado ainda na gestão anterior), R$ 293,3 milhões em 2020 (no atual governo) e, agora, em 2021, seria de 287 milhões, mas passa a ser de R$ 301 milhões. Acima dos 2% de vinculação do modelo anterior.


Desde o ano passado, os recursos para a Universidade Estadual de Goiás deixaram de ter vinculação direta com a arrecadação do Estado e passaram a estar inclusos dentro dos 25% de gastos obrigatórios da Educação em Goiás.