João Gomes assume PSDB e confirma pré-candidatura a prefeito

Atualizado: 10 de Mai de 2020

Ex-prefeito de Anápolis diz ser o único da legenda para a disputa, inclusive com apoio de outros dois cotados, Gemus e Chiareloto



FERNANDA MORAIS O ex-prefeito João Gomes assumiu a direção da Comissão Provisória do PSDB em Anápolis e confirmou que é pré-candidato ao Executivo. Caso seja sacramentado para a disputa, ele terá pela frente, entre outros, o prefeito Roberto Naves (PP), que lhe derrotou em 2016, quando João Gomes tentava a reeleição, na época filiado ao PT. Vice por duas vezes na chapa encabeçada por Antônio Gomide (PT), João Gomes assumiu a Prefeitura de Anápolis em 2014, com a renúncia do titular, que concorreu ao cargo de governador daquele ano. Depois de perder a eleição municipal, foi nomeado secretário estadual, na gestão tucana – época em que saiu do PT. Já em 2018, foi testado novamente nas urnas, dessa vez como candidato a deputado estadual, conquistando 6.343 votos e não sendo eleito.

Dois anos depois, enfrenta mais uma campanha. “Eu conheço a cidade e tive boa avaliação ao terminar nossa gestão. Infelizmente em 2016 disputamos o pleito com o peso do partido, e isso pode ter sido determinante para o resultado que elegeu o atual prefeito Roberto Naves”, disse à reportagem. Sobre a pretensão do médico Samuel Gemus – agora ex-presidente do PSDB – de também se candidatar, como também o empresário Ridoval Chiareloto, João Gomes disse que hoje é o único pré-candidato tucano a prefeito em Anápolis. “Conversamos com o Samuel, que abriu mão da candidatura. Ele estava sem tempo, já que a sua profissão demanda muita dedicação. Ridoval também é nosso amigo e hoje a situação que temos é essa: todos estão dispostos a somar internamente para o sucesso da sigla e do nosso projeto para Anápolis”, frisou. Para se organizar para a eleição, o ex-prefeito assumiu a Comissão Provisória do PSDB e trabalhou para compor uma chapa completa de vereadores. Hoje a legenda não tem nenhum representante na Câmara Municipal. Os três vereadores eleitos pelo partido em 2016, Américo Ferreira, Pastor Elias e Mauro Severiano, mudaram de sigla. “Mas no tempo que tivemos conseguimos montar uma chapa com nomes competitivos. Temos o ex-vereador Vespa e o José Escobar, ex-vereador e ex-presidente da Câmara. Também preenchemos o percentual de mulheres no grupo. Então estamos caminhando bem”, relatou. João Gomes afirmou que o próximo passo é conversar com os ouros partidos para composição de aliança na majoritária. “Não temos problemas com nenhuma sigla. Sai do PP pela porta da frente, já fui do PT, tem PSL, MDB, então política é essa arte de costurar e vamos fazer essas conversas no tempo certo”. Sobre o atual momento político da cidade, João Gomes comentou que o foco maior das pessoas não é a política, mas sim com a pandemia do coronavírus. Porém, segundo ele, é tempo dos partidos e principalmente os que vão disputar o pleito se organizarem. “Para o Executivo, vejo o atual prefeito, candidato natural à reeleição e com a vantagem de ter a máquina administrativa, tem o Antônio Gomide que surge naturalmente como o candidato pelo PT, e que saiu da prefeitura com uma excelente avaliação. Tem o meu nome que também deixei a prefeitura com bons índices de aceitação e tem ainda os outros partidos com seus pré-candidatos e projetos. Então eleição se ganha na urna e estamos preparados para o desafio”, concluiu.


#anápolis #eleições2020 #psdb #pré-campanha