Médico Samuel Gemus explica sua saída do PSDB de Anápolis

Ele cita conflito de ego versus competência e viabilidade eleitoral e que não quis se desgastar criando confusões



MARCOS VIEIRA


O médico Samuel Gemus escreveu um texto nessa segunda-feira (22.jun), divulgado nas redes sociais, que explica seus motivos para a saída do PSDB e filiação ao MDB.


Em pouco tempo, na reta final para as filiações daqueles que serão candidatos em 2020, Gemus passou de presidente da comissão provisória tucana em Anápolis e pré-candidato a prefeito para apenas membro do partido.


O novo presidente do PSDB, ex-prefeito João Gomes, anunciou que a partir daquele momento ele era o único postulante ao cargo de prefeito da sigla.


“Compromissos pessoais e principalmente profissionais não me possibilitaram dedicar o tempo necessário para o partido. Percebemos que dentro do partido na nossa cidade, nem todos pensavam em grupo e realmente no melhor para nossa cidade. Conflito de ego versus competência e viabilidade eleitoral, o qual não quis me desgastar criando confusões”, escreveu Samuel Gemus.


Ele explicou que chegou ao PSDB um ano após a disputa de deputado estadual, quando estava no SD, através dos três vereadores, com aval da direção estadual. Gemus se referiu aos vereadores Pastor Elias (hoje no PSD), Mauro Severiano (hoje no PSC) e Américo (hoje no PP), além do prefeito Jânio Darrot, presidente regional tucano.


Gemus faz críticas, sem citar nomes. “Não tive e não tenho vaidade pessoal para entrar na vida pública a qualquer preço, muito menos com mentiras. Não é do meu caráter. Trabalho muito e ‘uero trabalhar mais ainda pela nossa cidade”.


Ao se referir ao novo projeto do qual faz parte, encabeçado pelo pré-candidato a prefeito Márcio Corrêa (MDB), Samuel Gemus diz que se trata de um “grupo realmente preocupado no coletivo e não nas vontades pessoais”.


“Nunca estive indeciso ou perdido, já que a minha decisão é ver a minha cidade melhor, tendo ou não um mandato, ao lado de pessoas como os que me apoiaram e com pessoas sérias como o Dr. Márcio no MDB”, concluiu o médico.









Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo