Parque Ipiranga novamente é ponto de aglomeração em Anápolis

Atualizado: Jan 22

Moradores das proximidades reclamam da movimentação de pessoas sem uso de máscaras, ingerindo bebidas alcoólicas e ainda perturbando o sossego com música alta



FERNANDA MORAIS


Moradores das proximidades do Parque Ipiranga reclamam da aglomeração de pessoas no local. No último domingo (13.dez), fotos e vídeos do local circularam pelas redes sociais.


Nas imagens é possível ver a quantidade de pessoas reunidas, muitas delas sem máscaras. Os comentários com o comportamento dos presentes são de indignação por conta da pandemia do novo coronavírus.


A reclamação acontece não apenas pelo tumulto de pessoas, mas também devido ao barulho dos carros, motos e ainda som automotivo.


Os moradores alegam que o problema ficou em evidência por conta da “Carreta da Alegria”, um caminhão que circula pela cidade com personagens animados dançando pelas ruas.


As imagens do Parque Ipiranga mostram, inclusive, que existe uma enorme fila esperando para passear na carreta.


Na manhã desta segunda-feira (14.dez) foi notícia nos veículos de comunicação a quantidade de denúncias na Gerência de Postura por conta de perturbação do sossego público no local.


Na Polícia Civil também foram registrados boletins de ocorrência e ainda prisão de motoristas embriagados transitando pelas proximidades.


O assunto também repercutiu na Câmara Municipal. O presidente da Casa, vereador Leandro Ribeiro (PP), alertou que a pandemia ainda não passou, pelo contrário, a taxa de contágio tem aumentado nos últimos dias.


“Por mais que a cidade se prepare em termos hospitalares, fica difícil conseguir atender a demanda de leitos nas unidades de saúde. Peço que todos reflitam sobre os cuidados individuais visando o bem coletivo. A situação é preocupante, e ainda não temos vacinas disponíveis para imunizar a população”, declarou Leandro Ribeiro.