Prefeitura de Anápolis abre novos leitos para evitar colapso

Devido à alta demanda, administração municipal consegue mais 13 leitos de UTI para Covid-19



DA REDAÇÃO


A Prefeitura de Anápolis abriu, neste sábado (6.mar), 13 novos leitos de UTI e mais seis leitos de enfermaria voltados para pacientes de Covid-19, com o objetivo de suprir a alta demanda de casos, que tem disparado nos últimos dias.


A rede para atendimento exclusivo dos anapolinos agora passou de 60 para 73 leitos de UTI. São seis novas vagas no Centro de Internação Norma Pizzari; uma vaga a mais no Hospital Municipal; duas na UPA da Vila Esperança; e quatro no Hospital Ânima.


As seis novas enfermarias ficam na UPA da Vila Esperança, já somando 93 vagas desse tipo de leito no sistema municipal. A taxa atual de ocupação desses leitos é de 65 nas UTIs e 73 nas enfermarias.


Conforme foi anunciado pelo prefeito Roberto Naves, a administração municipal segue atuando em duas frentes. A primeira delas diz respeito aos esforços para reduzir a circulação de pessoas, com o objetivo de frear a disseminação do vírus. Está em vigor na cidade, até o próximo dia 15, um decreto excepcional que suspende diversas atividades. Equipes da Vigilância Sanitária estão nas ruas para fiscalizar o cumprimento das normas.


Outra frente visa contratar mais profissionais e adquirir insumos que permitam a abertura de novos leitos. Trata-se de uma verdadeira batalha para que todos os anapolinos infectados pelo coronavírus tenham assistência completa em caso de agravamento da doença.