Presidente do Avante pressiona para ter vice de Roberto

Atualizado: 22 de Jul de 2020

Delcimar Fortunato diz que prisão do presidente municipal do Democratas justificaria a troca na chapa do prefeito



FERNANDA MORAIS


Delcimar Fortunato, presidente do Avante em Anápolis, reafirma que continua pleiteando a vice na chapa do prefeito Roberto Naves (PP). Segundo ele, o momento se tornou oportuno considerando que Márcio Cândido é do Democratas, e o presidente do seu partido, Carlos César Toledo, foi preso essa semana em uma operação da Polícia Civil.


Outra situação colocada por Delcimar é a questão da possibilidade de uma integrante da igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, onde Márcio Cândido também congrega, surgir como pré-candidata na chapa do PSL encabeçada por Valeriano Abreu. Trata-se da cantora gospel Suellen Lima.


“Ficou ruim para o Márcio Cândido continuar na vice. Ele é um ser humano e tanto, mas o que está acontecendo dentro da igreja dele, surgiu essa candidata a vice e também essa questão que envolve o presidente do Democratas. É o meu ponto de vista”, disse Fortunato em entrevista a Rádio Manchester na manhã desta sexta-feira (17.jul).


O presidente do Avante garante que tem três bons nomes para a função. Um deles é o do maestro Wando, que já foi candidato a vereador na cidade por quatro vezes, não sendo eleito em nenhuma delas.


“Acreditamos em seu nome, é evangélico, tem densidade eleitoral, já foi candidato a vereador e é conhecido na cidade”, frisou.


Delcimar Fortunato explicou que pleitear a vice na chapa de reeleição de Roberto Naves faz parte de uma determinação da executiva estadual do Avante. “O prefeito sabe que não abrimos mão. O momento é de sentar e conversar. Não adianta bater em ferro frio. Estamos fazendo a nossa parte e o prefeito precisa entender que o Márcio não tem condições”, repetiu.


Ao ser questionado sobre a possibilidade da manutenção da chapa Roberto e Márcio Cândido, o presidente do Avante disse que não tem problema, mas que o assunto precisa ser discutido. Segundo Delcimar, não se ganha uma eleição sozinho e que se o prefeito acha que já está eleito, basta avisar para que o Avante se retire de seu projeto.


“Somos aliados de primeira hora. Estamos com ele [Roberto], mas ele tem que fazer o diálogo. Não adianta todas as vezes que tiver um problema, um escândalo com partidos ou com a vice, correr para o [Ronaldo] Caiado. Roberto tem que sentar e abrir com os partidos, e o Avante é o primeiro da fila”, concluiu.


Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita dos responsáveis pelo Anápolis 360 graus. Editado por eLive Produções.

Estamos nas redes sociais

  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo