PT confirma pré-candidatura da vereadora Professora Geli

Em encontro virtual realizado no domingo (5.jul), Geli foi escolhida pela unanimidade dos participantes



FERNANDA MORAIS


O Partido dos Trabalhadores confirmou no último domingo (5.jul) o nome da vereadora Professora Geli Sanches como pré-candidata a prefeita de Anápolis, em substituição ao deputado estadual Antônio Gomide. No dia 24 de junho o parlamentar anunciou que não concorreria ao pleito por questões de saúde.


O presidente do PT local, advogado Rimet Jules, disse que a escolha confirma o que já estava previsto dentro do projeto eleitoral da sigla para a disputa em 2020. Segundo ele, o nome de Geli Sanches foi escolhido por decisão unânime entre a diretoria e militância do PT municipal.


Exercendo seu segundo mandato na Câmara Municipal, Geli ganhou projeção dentro do partido quando disputou vaga para o Senado em 2018, conquistando 132.733 votos. Ela havia dito que estaria à disposição de seu partido e preparada para enfrentar as urnas caso seu nome fosse escolhido pelo grupo.


Quando anunciou sua decisão em não participar das eleições desse ano, Antônio Gomide destacou que apoiaria a candidatura da vereadora e participaria da campanha dentro de suas possibilidades. Está previsto também que o deputado federal Rubens Otoni seja o coordenador da campanha petista na cidade.


Na semana passada o nome de Geli já tinha sido aclamado pela bancada do PT na Câmara Municipal, vereadores Luiz Lacerda, Alfredo Landim e Lisieux José Borges. Na tribuna do plenário, Lacerda e Lisieux disseram que o PT não teria nome melhor para substituir Gomide como pré-candidata à prefeita.


Já a vereadora, única mulher que por enquanto disputará o cago de chefe do Executivo local, disse estar preparada para a campanha e garantiu que dará continuidade ao projeto que o PT iniciou na cidade em 2008, quando Antônio Gomide foi eleito pela primeira vez prefeito de Anápolis.